Nutrientes em Hidroponia

O sucesso e o pleno desenvolvimento das plantas nos cultivos em Hidroponia depende principalmente da qualidade da solução nutritiva, visto que é dela que a planta retira todos os nutrientes para o seu desenvolvimento. Então existem alguns cuidados que devem ser tomados em relação ao controle da qualidade da solução nutritiva.

Os principais fatores que influenciam a qualidade da solução nutritiva são:

Temperatura

A temperatura da solução ideal para as plantas cultivadas em hidroponia está na faixa de 18ºC a 30º C no verão e 10ºC a 16ºC no inverno. Temperaturas muito acima ou abaixo desses limites causam danos à planta, pois as plantas tem dificuldade em absorver nutrientes em temperaturas extremas.

Oxigénio

Em hidroponia é preciso manter a solução nutritiva oxigenada, para manter a absorção de nutrientes pelas raízes. A oxigenação da solução nutritiva pode ser feita durante a circulação da solução no retorno ao reservatório ou com a aplicação de ar comprimido ou oxigénio.

Condutividade elétrica

Este controlo é de grande importância, pois determina os nutrientes existentes na solução (quantidade de iões). Quanto mais iões tivermos na solução, maior será a condutividade elétrica, e vice-versa. Há um aparelho que mede a condutividade: o condutivímetro. Na utilização deste aparelho, as medidas ideais da solução ficam na faixa de 1,5 a 3,5 miliSiemens/cm, que corresponde a 1.000 à 1.500 ppm de concentração total de iões na solução. Valores acima deste intervalo são prejudiciais à planta, podendo prejudicar o crescimento e até mesmo a morte das plantas. Valores inferiores indicam a deficiência de algum elemento, embora não se saiba qual e em que quantidade. A resposta só pode ser obtida com a análise química da solução nutritiva.

pH

O pH da solução nutritiva é muito importante no cultivo em hidroponia pois as plantas não conseguem sobreviver com valores abaixo de 3,5. As plantas têm o seu desenvolvimento máximo entre pH 5,5 a 6,5.

Como controlar estes parâmetros?

Solução nutritiva:

A solução é consumida pela planta e diariamente observa-se uma redução do seu volume no tanque de solução. Esse volume deverá ser reposto todos os dias não com solução nutritiva e sim com água. As plantas absorvem muito mais água do que nutrientes e como a solução nutritiva é uma solução com salinidade a reposição diária com solução leva a uma salinização deste meio, chegando a um ponto que a quantidade de sais dissolvida é maior do que as raízes podem suportar. Se isto ocorrer as plantas param de crescer, devido não a falta de nutrientes, mas a um potencial osmótico muito elevado no sistema radicular.

Controlar o pH da solução nutritiva:

Durante o processo de absorção de nutrientes as raízes das plantas vão alterando o pH da solução nutritiva. Esse pH significa a acidez ou basicidade da solução nutritiva. As plantas têm o seu desenvolvimento máximo entre pH 5,5 a 6,5 e à medida que elas crescem elas alteram esse pH da solução nutritiva. Por essa razão diariamente após completar o volume da solução com água o pH da solução deve ser medida. Se estiver fora desta faixa de 5,5 a 6,5, ele deverá ser ajustado com ácido se estiver acima de 6,5 e, com base caso esteja abaixo de 5,5.

Controlar a condutividade elétrica da solução nutritiva:

Com o crescimento das plantas os nutrientes da solução vão sendo consumidos e esta solução vai se esgotar. Chega a um ponto que a solução não consegue mais fornecer os nutrientes necessários ao desenvolvimento das plantas. Nesse ponto a solução deve ser trocada. Um dos maiores problemas é saber quando esta troca deve ser realizada.

Uma solução que contêm sais (nutrientes) tem a capacidade de conduzir a corrente elétrica. Essa capacidade de condução da corrente elétrica é tanto maior quanto maior a concentração de sais dissolvidos na solução. Assim através da redução na condutividade elétrica é possível saber quando é necessário fazer a troca da solução nutritiva. Para saber a concentração de nutrientes a maneira mais fácil e simples é usar um condutivímetro.

Uma das principais razões pelas quais os produtores optam por sistemas de cultura de água é que a taxa de crescimento e maturidade é geralmente 15-25% mais rápida. Os produtores ainda podem obter o tamanho desejado da planta com um período vegetativo curto. Assim, para obter a produção ótima antecipada a partir desses sistemas, usar a mistura adequada de nutrientes e ter as condições certas é muito mais importante.

Hidroponia da Cultura da Água

Na hidroponia da cultura da água, seja na técnica de águas profundas ou na de nutrientes, não há percolação. O nutriente líquido não flui através do meio de crescimento, mas é executado através e através dos sistemas radiculares das plantas envolvidas. Por isso, os nutrientes não são lavados continuamente. Em vez disso, eles são recirculados. Nutrientes só são removidos quando o sistema é drenado e limpo.

A temperatura e a ausência de luz na água, assim como a limpeza geral do tanque, linhas de alimentação e bomba, terão grandes impactos em quanto tempo um sistema pode passar entre o enxaguamento e a limpeza. Normalmente, entre uma e três semanas é o intervalo que parece funcionar melhor. Se os produtores trocarem a água com mais frequência do que o necessário, a carga de trabalho e os custos com nutrientes aumentam. Se eles mudarem muito raramente, a probabilidade de aumento de microrganismos prejudiciais e componentes do sistema ligados pode subir. Encontrar o equilíbrio é importante para todos os produtores. Plantas saudáveis requerem boa nutrição e são muito mais propensas a adiar as substâncias químicas da alelopatia das plantas, que combatem a competição de outras formas de vida de plantas parasitas.

Com sistemas de solo, a intenção é criar micróbios vivos e benéficos, saudáveis e abundantes, para auxiliar os sistemas radiculares na absorção de nutrientes. No entanto, grande parte dos alimentos orgânicos que constroem populações saudáveis ??de micróbios também suportarão muitas bactérias e fungos indesejáveis. Como tal, muitos produtores de cultura da água preferem usar nutrientes iónicos. Estes são os sais nutrientes que os micróbios benéficos criam quando reagem com nutrientes orgânicos não iónicos. Essa falta de uma fonte de alimento ajudará a impedir o desenvolvimento de populações prejudiciais de micróbios. Do outro lado, micorrizas semelhantes a fungos, que ainda são muito benéficas para cultivos de cultura em águas profundas, também não terão qualquer apoio para se desenvolver e crescer.

Se os produtores decidirem usar nutrientes orgânicos em um sistema de águas profundas, é recomendável que eles façam alterações de rotina. Os produtores também devem limpar a solução, impedir a entrada de luz nos reservatórios e canais de água e manter a oxigenação da água no seu máximo.

Embora geralmente não seja considerado um nutriente vegetal, o oxigénio é um nutriente primário requerido pelo sistema radicular. A falta de oxigênio pode ajudar no desenvolvimento de bactérias anaeróbias, o que é indesejável. Um par de colheres de chá de três por cento de peróxido de hidrogénio por litro de água em seu sistema pode ser uma ótima adição de nutrientes para um sistema de águas profundas. Este oxigénio extra ajudará as raízes a absorver melhor os nutrientes e reduzir a propagação e o crescimento de micróbios nocivos. Basta adicionar algumas horas antes de adicionar outros nutrientes para estabilizar corretamente.

Dicas hidropónicas que deve ter em conta 

A temperatura dos nutrientes líquidos também é muito importante nos sistemas de cultivo de água. O melhor alcance é 16ºC. Quando a temperatura fica acima de 22ªC, o oxigénio dissolvido irá cair. Quando a temperatura fica abaixo de 20 ° C, afeta o metabolismo das plantas e pode alterar o estado de crescimento.

Outro aspecto que tem um grande impacto na absorção de muitos nutrientes e precisa ser cuidadosamente monitorado é o pH. Como há pouca capacidade de amortecimento quando os sistemas de águas profundas são preenchidos, há subsequentemente pequenas populações microbianas ou material orgânico a ser convertido - geralmente apenas o que o produtor adicionou. A nova água é geralmente baixa em termos alcalinos, o que não ajuda a estabilizar o pH. Com o uso de um produto amortecedor de alcalinidade total (pH acima), o pH da solução tenderá a ser muito mais estável e, portanto, a absorção da planta será melhorada, fazendo com que a saúde e a produção da planta aumentem de acordo. Soluções amortizadoras de nutrientes têm sido desenvolvidas com a adição de agentes como carbonato de potássio que não apenas aumentam a alcalinidade total (alcalinidade total é a medida da quantidade de ácido necessária para levar a solução a um pH de 4,1), mas também aumentam o pH. Portanto, se não forem compensadas, essas soluções de amortecimento de nutrientes podem, então, tornar o pH muito alto. Os ácidos necessários para trazer o pH de volta à faixa adequada serão encontrados em produtos chamados pH baixo. Utilizando os produtos pH up e pH down, os produtores podem atingir o pH desejado e, ao mesmo tempo, criar uma solução mais estável através de maior alcalinidade total. Normalmente, a faixa de equilíbrio desejável para a alcalinidade total será em torno de 50-75 ppm de carbonato de cálcio. Existem kits de teste de baixo custo para medir a alcalinidade total. No geral, o objetivo é estabelecer um perfil de água mais estável, mantendo o pH dentro da faixa adequada (isso varia para plantas diferentes, mas é frequentemente entre 6 e 6,5). A prática hidropónica superior é obter rapidamente uma alcalinidade total e um pH estáveis ??e, então, manter isso por meio do uso moderado da solução amortecimento necessária. Naturalmente, sua água influente já pode estar dentro de uma faixa estável para controle de pH.

Na hidroponia da cultura da água, há uma série de diferenças em relação a outras formas de sistemas internos e hidropónicos. Limpar, testar, adicionar nutrientes e fazer ajustes são mais críticos, mas as recompensas definitivamente estão lá no final. Daí porque tantas operações de crescimento comercial utilizam estes sistemas e a maximização do rendimento está no topo da lista.

Bons cultivos ;)